Se você pretende atuar em áreas ligadas à administração, economia e contabilidade, o tema deste artigo é essencial para sua formação. Do contrário, as informações também podem surpreender aqueles que desejam entender mais sobre finanças, orçamentos, contas e tudo que faz parte desse universo amplo – presente em concursos públicos, avaliações e em vários conceitos cotidianos.

Entender as noções básicas de administração financeira e orçamentária é obrigatório para muitos profissionais e interessante para todo cidadão, afinal a gestão financeira serve para todos, ainda mais agora que a situação não é das melhores. A grande vantagem é que um curso de administração financeira e orçamentária auxilia em diferentes metas: capacitação, atualização e aperfeiçoamento na área.

O Curso Online Administração Financeira e Orçamentária, destaque do Enfoque Capacitação, é um curso online perfeito para qualificação de vários públicos, estruturado com tópicos básicos e avançados dessa disciplina. Ideais para um estudo prático, seguro, autônomo e econômico, cursos a distância são boas apostas para compreender vários assuntos distintos.

No texto de hoje, fizemos um apanhado geral sobre orçamento e finanças, com os principais aspectos e definições. Leia tudo com atenção, descubra muitas coisas novas e atualize seus conhecimentos. Além disso, conheça cursos online referentes e diga pra gente o que mais gostou de saber.

Curso de Administração Financeira e Orçamentária: definição e dados gerais

Gestores, empreendedores e profissionais que atuam no ramo contábil, financeiro e administrativo precisam ter familiaridade com os conceitos da administração financeira e orçamentária (AFO), primordial para qualquer empresa. Trata-se de uma área que cuida de todas as operações financeiras das organizações e possui diversos pontos, dos mais básicos aos complexos, que envolvem um bom planejamento e tomada de decisão baseados em diversos cenários.

Como você já deve imaginar, a economia passa por uma série de modificações de acordo com as tendências do mercado, o poder de compra dos consumidores, a disponibilidade de recursos, entre outros. Logo, é praticamente impossível chegar a um grau de estabilidade perfeito, com total equilíbrio financeiro. Nem aquelas consideradas as melhores corporações do mundo possuem esse status: frequentemente, elas trabalham com ações e movimentos que visam garantir uma posição mais consistente, já que há muitas oscilações. Quer exemplo maior do que a crise econômica no Brasil, em que diversas empresas passam por apuros e não conseguem encontrar soluções frente às adversidades?

É nesse contexto que destacamos o papel de uma boa administração financeira e como ela pode fazer a diferença no ramo corporativo e em variados aspectos. Inclui-se nessa área uma diversidade de ações, como transações financeiras, fluxo de caixa, pagamentos, operações de crédito, investimentos, entre outros.

A regra básica da economia é gerenciar a escassez dos recursos frente necessidades infinitas das pessoas. Saber o que e como produzir visando um equilíbrio e sua melhor utilização. Esse fato se aplica totalmente às noções de administração financeira e orçamentária, na qual os responsáveis pelo setor devem pensar em métodos inteligentes para uso do capital, com foco em três objetivos principais:

  1. criar valor para os acionistas;
  2. expandir o valor de mercado; 
  3. maximizar a riqueza.

É claro que existem outras variáveis dependendo do cenário. Todavia, tanto em nosso curso de administração financeira quanto em cursos a distância ligados a essa área tão vasta, você compreende detalhadamente essas metas. De modo global, a gestão otimizada de recursos em qualquer corporação leva aos benefícios rentáveis. Se realizada de modo desordenado e sem o mínimo planejamento, acontecem desperdícios, investimentos falhos, crises gigantes e até a falência.

Portanto, mais do que um departamento financeiro competente e qualificado, qualquer organização deve contar com toda uma administração disposta a trabalhar com as melhores decisões e competências, atuação conjunta e boas ações empresariais. O setor contábil pode ser perfeito, mas se não há uma administração excelente que valorize seu trabalho, qualquer corporação está fadada ao fracasso.

Realizar um curso online sobre o tema é válido não só para profissionais do campo financeiro e econômico, mas também para líderes, gestores e empreendedores no geral. Um curso de administração financeira esclarece muitos pontos e abre portas até para boas ideias, planos estruturados e decisões assertivas.

Cursos relacionados que podem te interessar:

O que é orçamento?

Qualquer planejamento que envolva gastos necessita de um orçamento prévio, para análise das melhores propostas e como elas se adequam às necessidades. Em meio a negociações, fica estabelecido qual é mais vantajosa e se encaixa melhor em seus planos, considerando tanto o aspecto financeiro quanto o qualitativo.

Essa ação é comum em nosso dia a dia e a executamos para qualquer serviço. No ponto de vista empresarial, é extremamente importante visto o grande número de atividades e cenários. Já para a Administração Pública, é essencial que o orçamento passe por diversas etapas até alcançar o objetivo final, que deve atender sempre o interesse público e seguir normas bem estabelecidas – como a Lei Orçamentária Anual (LOA), na qual o governo federal define as prioridades e metas a serem atingidas no ano.

Se o orçamento público é visto como o planejamento governamental para as despesas públicas, sempre com base na arrecadação e receita prevista para uso dos recursos, por outro lado o orçamento empresarial estima ganhos, gastos e investimentos de uma organização durante um período futuro, sempre com metas e ações preventivas ou corretivas.

Obviamente, as noções de administração financeira e orçamentária voltadas à Administração Pública se alteram quando comparadas ao privado. Do ponto de vista técnico, algumas coisas são semelhantes, porém os objetivos mudam a partir do momento em que o interesse público deve sempre ser atendido na gestão de recursos do governo e suas instâncias.

Ou seja: se você estuda administração financeira e orçamentária para concursos, dependendo do órgão, o foco pode mudar. No geral, as questões são formadas por termos específicos de acordo com a função pleiteada, algumas com ênfase na gestão pública e outras no ramo financeiro voltado às corporações privadas e particulares.

Em todo caso, é bom ter uma conhecimento de todos os âmbitos. O Curso Online Administração Financeira e Orçamentária que oferecemos no portal aborda o tema de modo global e primordial tanto para os concurseiros quanto para profissionais da área, estudantes e demais interessados.

Tipos de orçamentos

Em se tratando dos tipos de orçamentos, as variáveis se aplicam para diversos contextos, do técnico ao empírico, por isso podem ser consideradas por órgãos públicos, empresas e até pessoas. Desses, podemos citar os mais importantes – explanados também no curso de administração financeira e orçamentária e cursos online de contabilidade do portal.

  • Orçamento clássico: acontece quando as projeções de gastos são inspiradas em períodos anteriores e dados históricos, com base sempre no que se gasta, e não no que realiza. É um tipo problemático, já que, na repetição, abre margem para os mesmos erros que já foram cometidos.
     
  • Orçamento programa: tem ênfase principal nas metas e objetivos a realizar. É o principal utilizado pelas entidades públicas, referido desde a Lei 4320/64, mas praticado apenas após o Decreto 2829/98, que tornou obrigatório o uso do orçamento programa para toda a federação.
     
  • Orçamento de desempenho: como o próprio nome indica, considera o desempenho anterior para a aquisição de recursos e investimentos, seja na perspectiva do objeto do gasto ou programa de trabalho.
     
  • Orçamento base zero: nesse esquema, cada unidade é responsável por elaborar sua própria proposta orçamentária, justificando o porquê de cada despesa e como os recursos serão aplicados. A partir daí, um conselho realiza um julgamento e define se o cronograma deve ou não ser considerado. Embora pareça uma boa ideia para a Administração Pública e seus órgãos, esse modelo não é adotado no país.
     
  • Orçamento incremental: a base anterior se mantém, o que ocorre são pequenos ajustes e incrementos, com acréscimo de itens e recursos dependendo da necessidade de cada local/órgão. É um tipo que não se reinventa, o que pode ser ruim em longo prazo, já que as prioridades mudam.
     
  • Orçamento participativo: é um método que inclui a participação popular e democrática nos orçamentos públicos, sobretudo quanto a investimentos e aquisição de bens. Instrumento da gestão pública participativa, ocorre em grupos e assembleias abertas, promovidas pelo próprio poder público.

Seja com foco no interesse coletivo ou privado (empresarial), noções de administração financeira e orçamentária e suas ramificações possuem dados e conceitos que podem ser utilizados em ambos os cenários, dominados pelos profissionais responsáveis a fim de garantir os benefícios de uma gestão competente e inovadora. Cursos online com certificado dessa área e de todo o campo contábil são perfeitos para entender todas as estratégias e se destacar como um ótimo analista financeiro.

curso de administração financeira e orçamentaria

Como construir, aplicar e implantar?

A teoria que compõe a administração financeira e orçamentária é bem consistente e apresenta muitas táticas interessantes, porém a grande dificuldade de muitos administradores é aplicá-la na prática. Frente aos desafios comuns do campo econômico, não é simples saber qual a melhor hora para investir, como aproveitar o capital e otimizar áreas para que tenham qualidade e lucratividade.

Construir um orçamento demanda um planejamento impecável, totalmente estruturado e condizente com a realidade da empresa e a disponibilidade de fundos. Embora o objetivo principal seja determinado de acordo com a corporação, a ideia é maximizar as oportunidades e reduzir os riscos, e para isso tanto a gestão orçamentária quanto demais setores devem trabalhar juntos e integrados.

As lideranças têm papel fundamental no desempenho da administração financeira, abrindo caminhos e estratégias a serem implantadas pelo departamento responsável, avaliando custos, receitas, investimentos, ganhos e eventuais perdas. Tudo isso faz parte de um processo orçamentário consistente, além de outras etapas.

Etapas do processo orçamentário

Dentre as fases que devem ser consideradas, podemos citar algumas tarefas indispensáveis tanto para os gestores quanto para os atuantes na parte contábil e financeira das instituições. Lembrando que em administração financeira e orçamentária para concursos essa abordagem é sempre tema de muitas avaliações, por isso é ideal ficar por dentro de seus aspectos com um curso online sobre o assunto.

Entre os requisitos genéricos e gerais a respeito das etapas do procedimento orçamentário, podemos destacar:

  • definição dos objetivos: pode ser desde lidar com uma crise econômica quanto potencializar um lucro, aderir a um investimento, aumentar a participação dos acionistas, reduzir gastos, entre outros.
     
  • seleção das áreas e pessoas envolvidas: não só o departamento financeiro deve trabalhar nesse processo. É preciso contar com o apoio de gestores e o engajamento de toda equipe, pois os resultados visam melhorar o ambiente integralmente.
     
  • desenvolvimento do plano estratégico, considerando sempre o tempo e os prazos, além de métricas e análises primordiais para que a atividade orçamentária esteja bem estruturada antes de sua execução.
     
  • elaboração do plano de contas, sistema de elaboração e divisão entre receitas, custos e despesas de acordo com o cenário atual da empresa e como as táticas/estratégias podem ser implantadas com eficiência.
     
  • formação de um manual de despesas e gastos, bem como o levantamento de dados, avaliação de riscos e adaptação dos sistemas e das pessoas à nova realidade orçamentária. É ideal seguir um cronograma racional e autêntico para aprimorar pontos fortes e corrigir pontos fracos.

É comum muitos gestores pensarem somente no corte de gastos e investimentos e contarem apenas com o lucro e os altos ganhos como objetivo principal de uma revisão financeira. A questão é que dificilmente essa relação acontecerá paralelamente. É preciso ter consciência e fazer escolhas planejadas, pois não adianta esperar um alto faturamento se não há o mínimo trabalho para motivar pessoas, otimizar recursos, aprimorar áreas problemáticas, aprender lições com os erros, etc.

No curso de administração financeira do Enfoque Capacitação, há ótimos tópicos sobre o processo orçamentário e a gestão fazendária das empresas, órgãos públicos e demais setores em que esses ramos são essenciais. Cursos online com certificado são alternativas primorosas para estudar quando e onde quiser, de modo econômico, versátil e qualitativo, perfeitos para atualização.

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Administração financeira e profissionalização

No início do artigo listamos a necessidade de profissionais de várias áreas em aperfeiçoar seus conhecimentos com um curso de administração financeira e orçamentária. Pois é, para muitas pessoas o domínio desse tema é imprescindível, tanto para fortalecer o aprendizado quanto se destacar na área e criar projetos de reconhecimento.

A administração financeira e orçamentária tem total relação com contabilidade, economia e administração em si, seja no campo operacional, de serviços ou de gestão. Em cada campo há tarefas direcionadas, mas que se complementam, visando o andamento do processo e as metas estabelecidas pela organização. Portanto, um indivíduo pode começar atuando em um setor e, com o investimento em qualificação, crescer e tornar-se um administrador financeiro.

Embora seja um desafio conquistar esse status na carreira, desde que haja disposição para fazer a diferença e entender os processos, com certeza o destaque e a progressão virão de forma natural. Para isso, não basta apenas a graduação, é preciso contar com outras fontes, como cursos online com certificado.

Um curso online preparado por uma equipe pedagógica de excelência ajuda muitos alunos a se capacitar, atualizar e aperfeiçoar nessa e em diversas pautas. Aqui no Enfoque Capacitação, além do Curso Online Administração Financeira e Orçamentária, temos centenas de cursos a distância que podem ficar a sua disposição facilmente.

Investindo uma taxa única de R$69,90, você tem acesso a todos os cursos online do Pacote Master por um ano inteiro. Assim, você amplia seus estudos em administração financeira e orçamentária para concursos, se especializa em contabilidade, planejamento tributário e demais conceitos fundamentais para se dar bem nessa área, conseguir progressão de carreira, entre outros objetivos diversos. 

Gostou dessa proposta? Inscreva-se no Enfoque Capacitação e dê um up total em sua formação pessoal e profissional. Tem dúvidas? Deixe um recado pra gente. Esperamos que tenha gostado do conteúdo e compartilhe essa ideia com seus amigos. Boa sorte e até breve.