Como conseguir horas complementares? Essa é uma questão de universitários de variados cursos de graduação. Muitos exigem o cumprimento de determinadas atividades complementares paralelamente às acadêmicas, que servem tanto para o conhecimento e formação quanto para agregar ao conteúdo que é abordado em sala de aula. Ou seja, tudo que vai além desse espaço e garante aprendizado, sejam palestras, workshops, filmes, cursos online, entre outros.

Por isso, essas horas devem ser vistas com bons olhos por todos os estudantes, afinal, é algo que dá um suporte essencial em vários campos, sobretudo o profissional. Como se sabe, quanto mais informação for assimilada, mais uma pessoa se destacará, pois as empresas e o mercado de trabalho buscam cada vez mais indivíduos engajados, proativos e interessados.

Mas, então, quais são as alternativas para conseguir horas complementares? O que eu preciso fazer para aproveitá-las? Bom, neste artigo vamos abordar totalmente esse assunto e mostrar como cursos online com certificado e demais opções podem te auxiliar nesse objetivo. Acompanhe com atenção e fique por dentro do tema.

Horas e atividades complementares: entenda passo a passo

O desafio da graduação

Fazer uma faculdade é o sonho de muitos jovens brasileiros. Começar a graduação, embora seja inspirador, é também uma etapa desafiadora. São anos de estudos e dedicação para conseguir um diploma e aprender uma nova profissão, seja da área de humanas, exatas ou biológicas. Há sempre uma infinidade de cursos que conquistam indivíduos de gostos e metas variadas.

E, além de toda a vivência acadêmica, inúmeras matérias, provas e trabalhos, sempre dá para aprender mais com outros métodos, como as atividades complementares. Elas valem para muitos casos e ajudam o aluno a vivenciar experiências fora da sala de aula, tanto como um auxílio para a metodologia que é aplicada quanto para dar aquele upgrade em sua formação.

É preciso entender que a faculdade é feita de muitos momentos, alguns mais tranquilos, e outros mais tensos. De toda forma, tirar proveito de todas as situações contribui demais para a carreira que qualquer estudante deseja seguir, logo, é essencial estar sempre disposto a agarrar com unhas e dentes as oportunidades.

O período na faculdade serve de crescimento e experiência pessoal e profissional. As atividades para horas complementares fazem parte dessa estrutura e geram muitos ganhos. Tem muita gente que reclama de um curso altamente teórico ou pela falta de instrumentos diferenciados para agregar à metodologia. Sendo assim, investir nesses métodos, que vão desde feiras de conhecimento até cursos a distância, é de grande valia para qualquer pessoa, de todas as áreas possíveis.

Nesse contexto, é bom saber que há modos variados de focar nessas atividades. Pode ficar tranquilo que são exercícios animadores, para acabar com aquela ideia de monotonia. Imagine participar de um workshop de saúde com um especialista renomado? Visitar um teatro famoso e entender como funciona? Fazer cursos online sobre temas direcionados de educação? Pois é, perceba que há muitas (e boas) alternativas.

Cursos relacionados que podem te interessar:

O que são atividades complementares?

Antes das dicas preciosas de como conseguir horas complementares em sua graduação, vamos conceituar esse parâmetro de acordo com as diretrizes do MEC (Ministério da Educação), que rege os cursos de graduação e especialização das universidades tanto de cursos presenciais quanto cursos EAD.

Segundo o órgão, "as atividades complementares têm a finalidade de enriquecer o processo de ensino-aprendizagem, privilegiando a complementação da formação social e profissional. O que caracteriza este conjunto de atividades é a flexibilidade de carga horária semanal, com controle do tempo total de dedicação do estudante durante o semestre ou ano letivo, de acordo com o Parecer do CNE/CES nº 492/2001".

Ou seja, as faculdades consideram como horas complementares ao curso aquelas atividades paralelas, que podem enriquecer o currículo e o aprendizado do aluno, sempre obrigatórias e parte de seu certificado de graduação. A ideia é privilegiar a vivência social, crítica, humana e profissional por meio de métodos além dos acadêmicos. Nisso, o estudante só estará formado após cumprir a grade determinada, que se altera conforme o curso/área e demais fatores. Além disso, é bom esclarecer que elas devem ser realizadas sempre durante o período do curso (em finais de semana, nas folgas, no tempo livre, tudo fica à escolha do aluno), sejam externas ou dentro da própria instituição.

Em toda atividade, o aluno deve receber um comprovante para que seja apresentado à instituição e seja validado como crédito de horas complementares. Portanto, é fundamental solicitá-lo ao participar de qualquer atividade dentro e fora da faculdade, assim como se atentar à qualidade dos certificados de cursos EAD, por exemplo, que servem tanto para esse objetivo quanto para a capacitação, aperfeiçoamento e atualização do interessado.

Como conseguir horas complementares?

Ao se matricular em uma faculdade no curso que mais lhe chama atenção, é importante que o indivíduo questione se há ou não a necessidade de realizar atividades complementares. Conforme revela o MEC, cada instituição é responsável por definir a carga horária máxima desse processo, que pode ser medida em créditos – normalmente, 15 horas equivalem a um crédito.

A partir daí, você precisa se organizar e saber quais as melhores atividades a serem realizadas, pensando sempre em sua rotina diária de compromissos, obviamente. É claro que o trabalho, a própria faculdade e demais fatores acabam tomando grande parte do tempo, mas com um cronograma otimizado dá para fazer tudo tranquilamente sem que uma coisa comprometa a outra.

Mas, então, como conseguir horas complementares? O que é mais aceito de acordo com as diretrizes do MEC e das universidades? Bom, nesse caso, são autorizados:

  1. Participação em eventos internos e externos à instituição de educação superior, tais como: semanas acadêmicas, congressos, seminários, palestras, conferências, atividades culturais;
  2. Integralização de cursos de extensão e/ou atualização acadêmica e profissional, como os cursos online com certificado, que se enquadram na modalidade de cursos livres;
  3. Atividades de iniciação científica;
  4. Trabalhos e procedimentos alternativos, como a monitoria (apoio para estudantes em determinada disciplina e orientação geral).

Embora haja muitas opções interessantes, nessa árdua rotina que todo universitário passa todos os dias, é bom pensar sempre em qual delas é a mais vantajosa e ajudará a otimizar seu tempo. A organização é muito importante, mas se você pode contar com ferramentas que facilitam e garantem ótimos benefícios para seus planos, tudo fica melhor ainda, não é?

Por isso, vamos destacar o poder dos cursos online para horas complementares. Totalmente flexíveis e versáteis, conquistam milhões de pessoas a cada dia, tanto pela carga horária variável quanto pela qualidade do conteúdo abordado. Instituições como o Enfoque Capacitação, por exemplo, contam com centenas de cursos EAD em mais de vinte áreas diferentes, ou seja, servem para todos.

É claro que você deve dar ênfase para aqueles que tem total relação com sua graduação, mas isso também não significa que você não possa aprender e saber mais sobre outras áreas, afinal, tudo é conhecimento. Se você cursa administração, por exemplo, vale muito a pena investir em um curso de marketing. No caso de engenharia elétrica, saber os fundamentos essenciais da segurança do trabalho é perfeito tanto para a profissionalização quanto para essas horas complementares necessárias.

cursos online para horas complementares

Cursos online para horas complementares

Entender o valor dos cursos online para horas complementares é primordial para todo estudante. Primeiramente, é bom se informar com o colegiado e responsável por sua graduação quais seriam as opções mais interessantes de cursos a realizar, bem como o tempo ideal para a avaliação/certificação.

Se você começar a fazer os cursos a distância do Enfoque Capacitação, terá a sua disposição uma carga horária que vai de 5 a 360 horas, totalmente a sua escolha, para que aprenda bastante, seja avaliado e consiga seu comprovante final. Com todo o poder do ensino a distância, tática usada por cada vez mais universidades, pode ter certeza que sua instituição te incentivará a fazer muitos cursos online para horas complementares de acordo com seus objetivos e necessidades.

Não dá para deixar de lado também a comparação básica dos cursos a distância com as demais opções de atividades. Participar de feiras, workshops, palestras e similares é ótimo e muito bem vindo para sua qualificação, porém muitas vezes não dá para conciliar o horário com sua rotina diária. Além disso, alguns são pagos e não custam pouco, e quem é universitário sabe que não dá para sair gastando muito, sem um planejamento prévio.

Já a iniciação científica e a monitoria são ferramentas incríveis para atividades complementares, mas que também se tornam difíceis devido à disponibilidade que muitos alunos não têm. São projetos que precisam de tempo e dedicação para que sejam realizados com a máxima excelência e competência.

Nesses pontos, fica fácil compreender porque os cursos online são alternativas perfeitas para usar como horas complementares em sua graduação. Você pode ficar tranquilo e realizá-los quando achar conveniente, aprendendo bastante com abordagens atualizadas e que serão valorosas para sua qualificação em si. Sabia que, além de acessar o ambiente virtual por computadores, ainda dá para estudar usando dispositivos móveis, como os smartphones e tablets? Pois é. Os cursos online contam com inúmeras vantagens, como:

  1. Conforto: a possibilidade de escolher o melhor lugar para estudar, seja em casa nas horas vagas ou na própria universidade, durante uma aula vaga ou tempo livre em si, no espaço de interesse do aluno e com tudo aquilo que precisa ficar a sua disposição;
  2. Segurança: o local de estudo fica por conta do aluno, sem que ele precise se locomover e esteja exposto a perigos. Ao contrário de uma opção presencial, você evita ir até a escola e pode realizar seus cursos online com certificado em casa mesmo.
  3. Autonomia: conforme dissemos, muita gente não consegue adequar sua rotina para participar de uma palestra ou atividade cultural. Ao optar por fazer cursos EAD, dá para se organizar e ter a total autonomia nos estudos, escolhendo o horário ideal para aprender com muita eficiência;
  4. Economia: o período da graduação é conhecido como aquele em que mais gastamos, seja ao fazer trabalhos, tirar cópias de conteúdos, transporte de casa à faculdade, alimentação, moradia (para aqueles que estudam em outras cidades), enfim, o dinheiro vai embora muito rápido. Sendo assim, é indispensável pensar em alternativas que compensem investir. Sabia que dá para fazer cursos a distância pagando uma única taxa, com acesso por até um ano? Sim, esse é um ótimo diferencial de portais como o Enfoque Capacitação.
  5. Adaptação e flexibilidade: essas são duas qualidades que encantam e se integram perfeitamente aos seus estudos. Ao fazer cursos online em sua área, você une o conhecimento acadêmico com aquele assimilado nessas propostas, fato que enriquece tanto seu currículo, seus créditos de horas complementares e sua carreira em si. A adaptação é rápida e a flexibilidade permite que o aluno tenha os melhores cursos a distância em sua mão, com total disponibilidade.

É impossível não se animar com tantos benefícios. Não é à toa que, segundo a Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED, mais de 5 milhões de pessoas fizeram cursos livres em 2015, um número que, com certeza, deve ter crescido bastante atualmente. Não dá para ficar de fora dessa tendência.

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Fique de olho no certificado

Agora que você já sabe como conseguir horas complementares e que os cursos online são as melhores opções a investir, é bom atentar-se a duas dicas preciosas. A primeira delas é a certificação. Entenda sempre como ela funciona assim que pesquisar e pensar em se matricular na instituição de interesse.

O fundamental é que tenha um campo no portal de cada escola com os valores do comprovante com a carga horária exigida para que seja emitido. Além disso, verifique se é completo e se será bem recebido em sua universidade. No geral, desde que você escolha cursos de qualidade, não há o que temer.

Ah, e fuja sempre daquela história dos cursos online com certificados rápidos e gratuitos. Esses são chamarizes com vias propagandísticas apenas para conseguir alunos. Quem se vale disso, geralmente, possui cursos desatualizados, de baixa qualidade, com conteúdo defasado e que só te fará perder tempo. Pesquise bem e perceba todos os detalhes.

Atente-se sempre à qualidade da instituição

A outra dica é ficar de olho na instituição. Como já dissemos, você não deve dar nenhum crédito aquelas que usam cursos grátis e certificados em tempo recorde como anúncio para seus cursos. É essencial tirar um tempo para fazer uma ótima escolha, optando por um portal versátil, honesto e que seja parceiro da ABED.

Para você que busca cursos online para horas complementares incríveis, versáteis e com os melhores conteúdos do mercado, vale muito a pena conhecer o Enfoque Capacitação. Com ótimos diferenciais e todas as vantagens dos cursos a distância, a instituição garante que você se matricule investindo apenas um valor único de R$ 69,90 que tem validade de um ano. Tanto por isso, são mais de 160 mil alunos satisfeitos com a metodologia dos cursos EAD do portal, considerados eficientes, qualitativos e atualizados sempre por uma equipe pedagógica exclusiva.

Inscreva-se no Enfoque Capacitação, escolha os cursos online que tem tudo a ver com sua formação e comece já. Não perca tempo e fortaleça seus estudos e conhecimento fazendo boas escolhas. Se tiver dúvidas, deixe um comentário, e não se esqueça de compartilhar o artigo com seus colegas de classe, amigos universitários e demais interessados. Até mais.