Se você trabalha com crianças ou é um apaixonado pela área, saiba que a construção do conhecimento na Educação Infantil está presente dentro da sala de aula. Porém, uma criança pode aprender muito através de um passeio feito com os pais, por exemplo. Por isso, é importante que o profissional da Educação Infantil tenha ciência de que a construção do conhecimento se dá também fora da sala de aula. 

Para facilitar o seu entendimento acerca dessa ideia tão importante para a Educação Infantil, o portal Enfoque Capacitação pensou em um curso online que abrangesse toda a teoria por trás do desenvolvimento mental da criança, o Curso Online Construção do Conhecimento na Educação Infantil.

É muito comum que os profissionais da área da educação ouçam questionamentos acerca da Educação Infantil. Alguns desses questionamentos envolvem dúvidas como: para que serve a Educação Infantil, se a criança consegue aprender algo efetivo através de brincadeiras? Brincar é algo realmente necessário para a criança? 

A função da Educação Infantil vai muito além das brincadeiras. Ela inicia a construção do conhecimento, que pode ocorrer através de brincadeiras. Por exemplo, brincar de massinha é uma ótima atividade para o desenvolvimento motor da criança. Então, não devemos pensar se brincar é ou não necessário para a criança, mas de que forma podemos trabalhar com ela os conhecimentos de uma forma leve e divertida.

Muitos adultos esquecem que por trás de todo profissional da educação, muitas horas de estudo foram dedicadas para se compreender as fases do desenvolvimento infantil, as diferentes abordagens e, até mesmo, os conhecimentos apropriados para cada idade. Esse estudo, muitas vezes, é feito através de cursos online com certificado, que valorizam o currículo e capacitam o trabalho do educador.

O nosso curso online de alfabetização infantil apresenta técnicas e metodologias que podem ser utilizadas no momento em que a criança se inicia no processo de alfabetização.

A Educação Infantil é, sem dúvidas, uma das etapas mais importantes para o desenvolvimento da criança, pois ela é o primeiro contato do indivíduo com o mundo, sem o acompanhamento dos seus pais. Além disso, é nessa fase que a criança começa a desenvolver a linguagem, a percepção do corpo e a criatividade, sendo inserida em um ambiente com outras crianças, o que lhe permite perceber as semelhanças e as diferenças entre as pessoas que a rodeiam. Todas essas elaborações cognitivas que as crianças fazem a partir do contato e do convívio escolar constituem a construção do conhecimento na Educação Infantil.

Como diz o velho e famoso ditado “vivendo e aprendendo”, é extremamente necessário que as crianças, assim como nós, sejam expostas a situações novas e inusitadas, pois, a partir dessas vivências, elas desenvolvem e aprimoram diversas habilidades que ajudam nas tarefas diárias. É através da aprendizagem que nós, humanos, conseguimos compreender e viver de forma mais pacífica em sociedade. 

É importante salientar que, todas as situações mencionadas não são especificamente de uma matéria ou disciplina. No entanto, elas são fundamentais para que a educação infantil seja efetiva. De acordo com a LDB, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, a Educação Infantil deve permitir que as crianças desenvolvam capacidades cognitivas (relacionadas à aprendizagem), motrizes (aquelas que envolvem a movimentação e deslocamento) e também habilidades sociais e afetivas.

Se você ficou interessado no desenvolvimento motriz, o nosso portal oferece um curso a distância de Psicomotricidade, que diz respeito à integração das funções motoras e psíquicas. O curso ainda disponibiliza conteúdos que contemplam a percepção do ambiente pela criança, o uso dos dois lados do corpo e muito mais. Já quando falamos sobre o desenvolvimento social e afetivo, temos um curso de Prática Pedagógica, onde é abordado a complexa relação entre educação, trabalho e sociedade.

Então, todas essas capacidades que o processo de construção do conhecimento permite desenvolver, apesar de serem habilidades não relacionadas a conteúdos programáticos escolares, são previstas pela legislação escolar, através da já citada LDB.

Quando falamos sobre a construção do conhecimento na Educação Infantil, devemos ter em mente que ela está ligada diretamente ao desenvolvimento cognitivo. O nosso curso online Inteligência - A Peculiaridade nas Crianças discute a capacidade da criança de pensar, compreender, criticar e criar novas hipóteses sobre o ambiente que as cerca.

Se você se interessou e quer saber mais sobre o assunto, o Enfoque Capacitação criou um curso online sobre esse assunto. Continue lendo e saiba mais sobre a construção do conhecimento em sala de aula.

Jean Piaget e a construção do conhecimento na Educação Infantil

Um dos autores que traz conceitualmente a construção do conhecimento chama-se Jean Piaget. Ele nasceu na Suíça, em 1896, e era muito atraído pelas diversas vertentes que envolvem a educação e as crianças. Devido a essa curiosidade nata, o autor se especializou em diversas áreas como: Biologia, Psicologia e Epistemologia.

Jean Piaget levou em consideração conceitos biológicos para estudar o desenvolvimento cognitivo e trouxe a conceituação sobre a construção do conhecimento através da adaptação. Segundo ele, o processo de construção do conhecimento através da adaptação acontece por meio de duas operações: a assimilação e a acomodação.

Se você não está se familiarizado com esses termos, não se preocupe. Vamos falar mais um pouco sobre cada um deles neste artigo e você poderá entender detalhadamente através do nosso Curso Online Construção do Conhecimento na Educação Infantil.

O nosso portal oferece vários cursos online que podem lhe ajudar a compreender essa área fantástica que é a Educação Infantil. E o melhor é que você é quem escolhe a carga horária do certificado. Todos os cursos têm opção de 5 até 360 horas. Você encontra o conteúdo integral  de todos os cursos e, no momento que realizar a avaliação, basta escolher a carga horária na qual deseja ser avaliado.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Adaptação

O conceito de adaptação envolve o entendimento sobre o homem e as suas interações com o ambiente. Essas interações permitem que o homem esteja em constante mudança. A esse conceito, Jean Piaget dá o nome de processo biológico da adaptação.

Isso quer dizer que Piaget chama de adaptação toda e qualquer interação de um indivíduo com o meio que resulte em alguma mudança pessoal. Um momento considerado normal para os adultos promoverá para a criança, a qual a maioria das interações são novidades e apresentam algum fator diferencial, uma mudança pessoal.

Dentro do processo de adaptação, estão envolvidas, como falamos anteriormente, duas operações: a assimilação e a acomodação. É importante que as duas ocorram de forma equilibrada, para que a criança consiga ter uma interação eficiente com o meio em que vive.

Para tratar mais sobre esse equilíbrio, é interessante, primeiramente, fazer uma definição dos conceitos envolvidos no processo de adaptação infantil.

Antes de tudo, é importante definirmos o que são esquemas mentais ou modelos mentais. Um modelo mental é um mecanismo do pensamento que tenta explicar algo do mundo externo. Por exemplo, se eu falo a palavra “mão”, você imaginará uma mão, certo? Isso acontece pelo modelo mental que você criou, associando a imagem à palavra.

Assimilação

Antes de definirmos o que é o processo de assimilação, precisamos ter em mente que toda criança já tem dados motores, conceituais ou, até mesmo, de percepção que são adquiridos de forma não intencional. A maioria dos bebês consegue segurar o dedo do pai, o que prova que a criança já tem uma formação motora, mesmo que não seja um ato intencional e com significado.

O mesmo acontece com a observação, por exemplo, um bebê está sempre observando tudo e, com isso, criando um senso de percepção. Ou seja, a criança já nasce com certas estruturas cognitivas que evoluem ao longo do tempo, permitindo-lhe, cada vez mais, criar novas perspectivas.

A assimilação é o processo cognitivo no qual a criança passa por uma nova experiência (como ver um novo objeto ou até mesmo ouvir uma música diferente) e tenta adaptar esses novos estímulos para serem compreendidos através dos esquemas mentais que apresenta no momento.

Mas veja bem, o processo de construção através da assimilação não destrói ou muda a estrutura cognitiva que a criança já tinha. O que se adapta é o novo objeto, a nova música ou o novo conhecimento, para ela entender esse estímulo através de uma estrutura cognitiva já existente.

Uma nova experiência vai muito além de ver um novo objeto ou ouvir um novo ritmo de música. Como falamos antes, quase toda experiência é vivida de forma única e singular por uma criança. Isso ocorre também com o contato que ela faz com o meio no qual vencia novas experiências. A criança tentará encaixar sua realidade dentro dos modelos já existentes.

Falando de música, você sabia que ela pode ter um papel fundamental para o desenvolvimento infantil. Ficou curioso? Veja mais no nosso curso Música na Educação Infantil.

Em função das novas experiências, afirmamos a importância da educação infantil na vida de uma criança, pois, a partir dela, é possível proporcionar à criança brincadeiras e, até mesmo, situações que estimulem o processo de construção do conhecimento na Educação Infantil. Através das interações com novos objetos e brincadeiras que exigem um esforço físico maior, é possível socializar uma criança com outras crianças.

É importante entender que nem sempre o processo de construção do conhecimento, através da assimilação, ocorre completamente. Por exemplo, suponha que uma criança está aprendendo a identificar animais, e o único animal que ela tem um modelo mental é o cachorro, um animal de quatro patas, com cor escura, pescoço, rabo, focinho etc.

É provável que, ao ver um cavalo, a criança siga o mesmo modelo que ela tem de cachorro, pois o primeiro tem quatro patas, pode ter uma cor escura, tem pescoço, rabo longo, focinho etc. Ou seja, a criança, por assimilação, entende que o cavalo também é um cachorro, apesar de ele ter um tamanho diferente.

Podemos dizer que a criança utiliza um de seus modelos e o adapta, para encaixá-lo em uma situação parecida. Ela diferenciará o cavalo do cachorro quando fizer a construção do conhecimento através da acomodação. Sendo assim, a criança compreenderá que, apesar de os animais apresentarem algumas semelhanças, eles são diferentes um do outro. 

curso online construção do conhecimento na educação infantil

Acomodação

A acomodação é um processo bem mais fácil de se compreender. No momento que a criança aponta para o cavalo e diz “cachorro”, um adulto lhe mostrará que aquele animal não é um cachorro, mas sim um cavalo. É importante que o educador ou a família questione aquilo que faz com que a criança acredite que o cavalo é um cachorro, mostrando-lhe as diferenças entre eles.

Nesse processo, por exemplo, o mediador da situação pode perguntar à criança se cachorros têm crinas, apresentado-lhe um desenho. A criança perceberá novas identidades para aquele modelo, e o adulto lhe mostrará as diferenças entre os animais. Nesse momento, a criança criará um novo esquema mental, ou seja, um para o cachorro e outro para o cavalo.

Por isso, é importante que a criança esteja rodeada de profissionais pacientes que entendam o funcionamento da construção do conhecimento em sala de aula, pois, dessa maneira, ela se desenvolverá em um ambiente saudável de aprendizado.

A acomodação pode ocorrer de duas formas. A primeira delas é aquela em que a criança cria um novo modelo para entender o novo estímulo, e o outro tipo é quando a criança simplesmente faz mudanças no esquema para que o estímulo possa ser incluído nele.

Voltando ao exemplo dos animais, quando a criança entende que há uma diferença entre o cão e o cavalo, ela cria um novo modelo, encaixando-se na primeira forma de acomodação. Mas e se a criança vê um cachorro de cor diferente? Neste caso, ela precisa adaptar esse modelo para que o cachorro de cor diferente seja incluído no esquema de cachorros, encaixando-se na segunda forma de acomodação.

O mesmo ocorre para os cachorros maiores, menores, mais peludos, que não têm pelos, que têm focinho comprido e os que têm focinho achatado.

Jean Piaget considerava que a construção do conhecimento acontece quando os dois processos ocorrem de forma contínua, ou seja, depois de ocorrer a acomodação, a criança tentará encaixar o estímulo no novo modelo, ocorrendo assim a assimilação. Por exemplo, se a criança cria um esquema do que seja um cavalo, ao vê-lo, ela o encaixará no modelo criado, caracterizando, assim, a ocorrência de uma assimilação após a acomodação.

No nosso post, há muita informação acerca da construção do conhecimento e, por isso, criamos cursos a distância para que você estude através do nosso Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) moderno, intuitivo e otimizado para Smartphones, Tablets e Computadores. Estude onde, quando e da forma que desejar. Aproveite e confira nosso Curso Online Construção do Conhecimento na Educação Infantil.

Se você está procurando uma oportunidade para se especializar ainda mais na sua profissão, nossos cursos online são uma ótima opção! O Enfoque Capacitação tem uma grande diversidade de cursos a distância, já aprovados por mais de 160 mil alunos!

Para ser um bom professor, é necessário estar sempre se atualizando e buscando mais conhecimento. O nosso portal oferece cursos online com certificado, que pode lhe ajudar a enriquecer o seu currículo.

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

A teoria da equilibração

A teoria da equilibração de Piaget é um ponto de equilíbrio entre a acomodação e a assimilação. Este ponto de equilíbrio é necessário, pois a criança assimila as informações do mundo externo, acomodando-as cognitivamente. Como já falamos acima, a acomodação e a assimilação estão diretamente ligadas e são essenciais para a construção de conhecimento.

Se uma criança apenas assimilasse, ela teria problemas para detectar a diferença entre as coisas. Voltando ao exemplo do cavalo, se a criança nunca fosse informada de que um cavalo não é um cachorro, ela cresceria, pensando que o cavalo e o cachorro são a mesma coisa, apesar de apresentarem, apenas, diferença de tamanho.

Agora, caso a outra situação acontecesse, se apenas ocorresse acomodações, a criança cresceria com uma grande quantidade de esquemas cognitivos. Porém, todos eles seriam muito pequenos e não ocorreria generalização nenhuma, sendo um cachorro marrom um animal, e um cachorro branco, um outro animal totalmente diferente e sem conexão nenhuma com o outro.

O equilíbrio discutido por Piaget pode ser alcançado de algumas formas. Quando uma criança experimenta um novo estímulo ela tenta associá-lo a um esquema já existente. Caso essa associação ocorra com sucesso, podemos dizer que o equilíbrio foi alcançado, pois a criança conseguiu compreender o novo estímulo através da adaptação. Mas, caso a criança não consiga assimilar o estímulo, usando o esquema, ela fará uma acomodação, modificando um esquema ou criando um novo. Quando isso é feito, podemos dizer que houve uma assimilação do estímulo e, consequentemente, a ocorrência do equilíbrio.

A Educação Infantil pode ser complexa, não é mesmo? Por esse motivo, você pode contar com o apoio do Enfoque Capacitação através de cursos online com certificados. Assim, além de aprender mais sobre essa área fantástica, você valorizará seu currículo com cursos a distância de qualidade.

O diferencial do Enfoque Capacitação é a possibilidade de fazer vários cursos online, no período de um ano. E tudo isso por apenas R$69,90. Então não perca essa oportunidade! Faça sua inscrição no portal e comece a se qualificar na Educação Infantil, uma área incrível que oferece muitas oportunidades de trabalho! 

Se você gostou do post, não se esqueça de fazer o Curso Online construção do conhecimento na educação infantil. Aproveite também para compartilhar e comentar sobre o tema do nosso artigo!