Para fazer a primeira habilitação ou reciclagem CNH é preciso estudar as leis de trânsito e demais orientações e regras determinadas pelo Código de Trânsito Brasileiro, mas se engana quem pensa que é só dar uma lida, decorar, passar na prova e nunca mais precisar estudar sobre o assunto. A educação para o trânsito é coisa séria e o conhecimento sobre o assunto deve ser reciclado, principalmente porque a legislação de trânsito sofre alterações e as regras sempre mudam. Você por acaso sabe que em 2016 a legislação de trânsito teve mais de 20 alterações? Pois é. Quer uma dica de como se atualizar sobre o assunto? Cursos online sobre educação e regras para o trânsito. 

O portal de cursos a distância Enfoque Capacitação tem um curso na área de trânsito que traz uma série de tópicos que ajudam a entender tudo sobre o Código de Trânsito Brasileiro. No Curso Online Educação para o Trânsito, o aluno aprende sobre os direitos e deveres dos cidadãos no trânsito, conhece um pouco sobre a história do trânsito brasileiro e também ganha algumas dicas sobre segurança no trânsito. 

As aulas de legislação do trânsito dos cursos EAD oferecem bem mais que elementos para que se conheça tudo sobre trânsito, elas proporcionam conhecimentos que são devolvidos pelas pessoas como formas de preservação da vida, sabe por quê? Porque conhecer as regras de trânsito e utilizá-las faz com que as chances de acidentes diminuam. A Organização Mundial da Saúde divulgou recentemente que o trânsito tira mais de 40 mil vidas por ano no Brasil – esse número representa uma taxa superior a 22 mortes a cada 100 mil habitantes e está acima da média das Américas, que é de 15,9 por 100 mil habitantes, diz a OMS. O Brasil figura na quinta posição entre os países recordistas em mortes no trânsito no mundo e na quarta posição considerando apenas o continente americano. Há muitas outras estatíticas que mostram o quão importante é educar para o trânsito.

Veja neste artigo algumas questões tratadas em cursos voltados à educação para o trânsito: um pouco da história, a obrigatoriedade da educação sobre trânsito nas escolas, a nova legislação de trânsito, que imprimiu mudanças significativas no Código de Trânsito Brasileiro e alguns outros tópicos.

Cursos relacionados que podem te interessar:

 

Cursos online sobre educação para o trânsito 

Uma breve história do trânsito no Brasil 

Entre os séculos 16 e 18, as primeiras estradas ligando partes do Brasil começaram a surgir. O país ganha a sua primeira locomotiva a vapor em 1854, quando surgiram então as primeiras estradas de ferro. Dois anos após esse fato, aconteceu a primeira concessão para que transportes urbanos passassem a funcionar no Rio de Janeiro; veja só: eram à tração animal e andavam pelos trilhos de ferro. Passadas algumas décadas, em 1891, o primeiro carro circulou no país, em São Paulo. Foi trazido de Paris por Henrique Santos Dumont, irmão de Alberto Santos Dumont. Era um Peugeot, de fabricação alemã. Em 1894 surgiu o primeiro bonde elétrico no Rio de Janeiro. 

O início do século 20 foi marcado pelos primeiros carros da Ford a serem importados, que depois passaram a ser fabricados no Brasil. Em 1928 foram criadas as primeiras regras de trânsito, com a criação da Polícia de Estradas. A década de 30 teve foi marcada pela criação das primeiras placas de trânsito e pela chegada da Volvo com carros e caminhões.

A década de 40 trouxe o primeiro Código de Trânsito Brasileiro, as motocicletas, que logo perderam sua posição, pois eram de difícil importação e as bicicletas. Diz-se que na década de 50 aconteceu o que foi chamado de "surto rodoviário": a montagem de automóveis e caminhões em larga escala. Os anos de 1953 e 1954 foram importantes para o país, pois um marca a criação da Petrobras e o outro o início de suas atividades. O primeiro "Sedã 1200" totalmente fabricado no Brasil surgiu em janeiro de 1959. Sabem do que se trata? Do Fusca. Passados alguns anos, em 1966, o segundo Código de Trânsito Brasileiro foi instituído.  

Em 1975 foi criado o PROÁLCOOL - Programa Nacional do Álcool, como fonte alternativa de energia e que acabou recuando em 1990 devido à falta de recursos federais e fez com que as montadoras reduzissem significativamente a fabricação de veículos a álcool - o primeiro que havia sido produzido foi pela Fiat, o Fiat 147. Nas últimas três quatro décadas é fácil de imaginar o que aconteceu. Novas tecnologias, criação de novas estradas e rodovias, aumento impressionante de veículos em circulação, atualizações no Código de Trânsito Brasileiro etc. 

Se tentamos ser breves e contamos tudo isso, imagine o que os cursos na área de trânsito têm a ensinar. Há muito fatos interessantes também sobre a criação dos sinais de trânsito, o que certamente pode ser aprendido em um curso de legislação do trânsito

Cursos online sobre educação para o trânsito

O que é Educação para o Trânsito?

Quando se fala em educação para o trânsito, não se fala somente em um curso de legislação do trânsito, um curso para motorista ou nas pessoas se prepararem para a habilitação ou para a reciclagem CNH. A educação para o trânsito trata de formar crianças, jovens e adultos responsáveis e de desenvolver a conscientização sobre os perigos no trânsito quando as leis não são seguidas e infrações são cometidas. O descaso e desrespeito às leis vigentes ocasionam situações que não afetam somente quem comete a infração, pois quem não respeita o limite de velocidade, por exemplo, põe em risco não somente a sua vida, mas a de outros, sejam motoristas ou pedestres. 

Há inúmeras campanhas voltadas à conscientização para a segurança no trânsito. O mais preocupante é que não estamos falando de coisas difíceis de fazer ou de hábitos difíceis de adotar. São atos simples, como usar o cinto de segurança, respeitar o limite de velocidade e a faixa de pedestres, usar cadeirinha para carregar crianças, não dirigir sob o efeito de álcool, entre outros. Só que, apesar de simples, são atitudes facilmente deixadas de lado - daí a importância do tema, trazido por nosso portal em cursos EAD.

Há outro ponto a ser discutido neste artigo sobre a educação para o trânsito: a sua obrigatoriedade no ensino regular. O artigo 76 da Lei 9.503/97 estipula que a educação para o trânsito deve ser tratada desde a pré-escola, assim como em escolas de 1º, 2º e 3º graus. Seus incisos (I a IV) estipulam a forma como o assunto deve ser adotado no currículo escolar. Mas vamos nos ater ao inciso II, que diz que os conteúdos relacionados à educação para o trânsito devem ser adotados em escolas que formam professores, que deve haver o treinamento de educadores e multiplicadores.  

Sabe o que isso significa? Que profissionais de educação têm em nossos cursos online com certificado um grande aliado. Nosso curso online Educação para o Trânsito é importante para quem quer conhecer tudo a respeito do assunto, mas é essencial a quem precisa, além de deter o conhecimento, repassá-lo. Educadores, sobretudo, sabem o peso que os cursos têm em seu currículo e sabem que saem na frente quando se preparam para ensinar temas específicos, como é o caso da educação para o trânsito. Além disso, têm a satisfação de saber que estão preparando cidadãos conscientes – afinal, educar desde cedo pode significar que teremos adultos mais comprometidos com a segurança no trânsito. 

Todo esse panorama nos mostra que, assim como a criança e jovem serão educados, o adulto precisa ser reeducado para o trânsito - tudo com o objetivo de ter clareza sobre o que é certo e o que é errado, e garantir uma locomoção segura e longe de percalços e acidentes.

As mudanças na legislação de trânsito 

Em novembro de 2016 passou a vigorar a nova legislação de trânsito, de acordo com a Lei 13.281, de 2016. Portanto quem fez curso para motorista ou outros tipos de cursos na área de trânsito, precisa, urgentemente, rever as regras de trânsito. Vale saber que, se o curso de legislação do trânsito foi feito um pouco antes ou após vigorar a nova lei, já deve estar atualizado com as mudanças. Quem precisa se atualizar pode fazer isso por meio de cursos a distância e ficar por dentro de tudo o que mudou nas aulas de legislação do trânsito.  

Conheças algumas das alterações promovidas na legislação de trânsito

Limites de velocidades em rodovias e estradas 

O limite em rodovias de pista dupla passou a ser 100 km/h para carros e 90 km/h para demais veículos. Em rodovias de pista simples, ficou em 100 km/h para carros e 90 km/h para os demais. Em estradas a velocidade máxima permitida ficou em 60 km/h. 

Já que estamos falando em limite de velocidade, a Organização Mundial da Saúde pediu, no final de 2016, aos prefeitos eleitos que considerassem reduzir a velocidade a 50 km/h ou menos, em vias urbanas. Na ocasião, a OMS citou o que aconteceu na cidade de São Paulo, que registrou queda nos índices de mortes no trânsito após reduzir o limite de velocidade nas marginais Pinheiros e Tietê. "Retroceder nesse avanço significa um retrocesso não apenas nos resultados estatísticos, mas no marco simbólico que representou a decisão em favor da vida, particularmente a dos mais vulneráveis.", disse o consultor de segurança no trânsito, da ONU no Brasil. 

Em um novo relatório, o Managing Speed (em tradução livre, Gerenciando a Velocidade), divulgado em maio de 2017, a OMS voltou a recomendar o limite de velocidade em 50 km/h.  

Uso de celular no trânsito 

Estar segurando ou manuseando um celular passou a ser infração gravíssima. A legislação anterior não regulamentava especificamente esse caso, mas exigia que o motorista estivesse sempre com as duas mãos no volante, com exceção dos momentos de troca de marcha ou para mexer no rádio. Era considerada infração média dirigir segurando um celular – agora a coisa ficou mais séria.  

Usar vagas destinadas a idosos e pessoas com deficiência 

Estacionar em vagas destinadas a pessoas com deficiência e a idosos passou de infração leve a gravíssima - e pior: tem aplicação de multa e remoção do veículo.

Dispensa de portar os documentos do veículo 

O porte da CNH continua sendo obrigatório, mas portar a documentação do veículo não causará mais problemas no momento da fiscalização, caso seja possível acessar o sistema de informações para a verificação sobre o licenciamento do veículo. Essa alteração ajuda quem eventualmente equece a documentação, porque o certo mesmo é andar sempre com tudo certinho – imagine se você é parado em um local sem acesso ao sistema?Além dessas mudanças, os valores das multas também sofreram alterações - e acredite, ficou bem mais caro cometer alguma infração no trânsito. 

Quer saber sobre as outras mudanças no Código de Trânsito Brasileiro? Nossos cursos online com certificado voltados à área da trânsito te deixam muito bem informado e atualizado sobre a nova legislação. 

 

 

 

 

 

 

Outros tópicos relacionados à educação para o trânsito 

Lei Seca 

Um dos grandes problemas relacionados a acidentes de trânsito - e que também é tópico de cursos EAD - é o não cumprimento à lei que proibe que pessoas que tenham ingerido bebidas alcoólicas ou feito uso de entorpecentes dirijam. Infelizmente há um grande descaso por parte do brasileiro com relação a essa lei e pessoas sob efeitos de álcool causam muitos acidentes em áreas urbanas, estradas ou rodovias.  

Muitas campanhas são feitas para evitar isso. Há, inclusive, a frase muito conhecida de todos, que diz "Se beber, não dirija". Pessoas conscientes de sua responsabilidade se organizam e saem em grupos sempre com o "motorista da vez", o amigo que não beberá e que será o responsável pelo transporte dos amigos na volta para casa e/ou preferem ir a pé ou de táxi. Alguns bares até disponibilizam transporte de volta para seus clientes. Apesar disso, ainda há muitos que nem se preocupam em dirigir embriagados.  

Sobre essa lei, algumas medidas também foram reformuladas. O teste do bafômetro, por exemplo, passou a custar bem caro a quem se recusar a fazê-lo no momento da fiscalização: uma multa de 2.900 reais. Caso haja reincidência, o valor será dobrado.  

Isso nos leva, mais uma vez, à importância dos cursos na área de trânsito enfatizarem a educação para o trânsito, para que indivíduos, de todas as idades, sejam conscientes sobre suas ações no trânsito. Lembrando que por "trânsito" entende-se tudo que engloba todo tipo de movimentação de veículos e pessoas em vias públicas, assim como suas atitudes enquanto pedestres, passageiros ou condutores.

Como funciona o curso de reciclagem da CNH 

Quem teve a habilitação suspensa ou cassada por ter cometido infrações de trânsito deve fazer um curso de reciclagem CNH. É um curso para motorista que também teve outros problemas, como condenação por delito no trânsito ou quando esteve envolvido em acidente grave, entre outros casos.  

O curso de reciclagem abordará tópicos como a identificação de falhas na forma como o condutor conduz o veículo; conscientizará os motoristas sobre o quão importante é respeitar o meio ambiente e fornecerá noções de primeiros socorros, além de aulas de legislação do trânsito. Fazer o curso de reciclagem não significa diminuir o tempo de suspensão da habilitação, siginifica preparar o condutor para que, quando a habilitação seja liberada, ele seja uma pessoa melhor no trânsito. 

Direção Defensiva 

Outro tópico abordado por cursos online é a direção defensiva, que trata sobre a forma de dirigir e que está relacionada ao reconhecimento, por parte do condutor, de situações que possam vir a oferecer algum tipo de perigo, tanto para o próprio motorista quanto para os acompanhantes, o veículo ou as outras pessoas que utilizam a via. Grosso modo, é estar "ligado" à sua volta. 

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Curso sobre Educação para o Trânsito e demais cursos online do Enfoque Capacitação 

Se você pensa em fazer o curso online Educação para o Trânsito, não deixe para depois, comece a estudar agora mesmo. Faça a sua inscrição no portal e aproveite para conhecer as centenas de cursos a distância que o Enfoque Capacitação oferece.

O nosso portal disponibiliza muitas vantagens, começando pela taxa de matrícula, cujo investimento é de apenas R$ 69,90 e lhe dá acesso direto e integral a todos os cursos online do portal. Durante um ano você pode fazer quantos cursos quiser, incluindo se capacitar em nossos cursos online com certificado e ficar bem preparado para os desafios do mercado de trabalho. Mais de 160 mil alunos já estão matriculados no portal, agora é a sua vez.  

Quer falar conosco, deixar sua opinião ou uma sugestão? Use os espaços dos comentáriosabaixo. Ficaremos muito gratos em ter seu feedback. Até breve!