A necessidade de valorizar a carreira profissional, mostrar que domina os aspectos da etiqueta social e criar um perfil competitivo em vários ambientes obriga muitas pessoas a aprimorar seu marketing pessoal. Ter um diferencial e destacar sua identidade rende ganhos tanto no mundo corporativo quanto em todas as relações interpessoais.

Segundo a consultora Claudia Ritossa, no marketing pessoal o produto é uma pessoa que precisa "se vender" por meio de ações planejadas que "compreendem não só a divulgação de uma melhor imagem de si mesma, mas também o aprimoramento de suas deficiências e o investimento em suas qualidades".

De modo geral, parece simples pensar em como fazer marketing pessoal, porém são inúmeros conceitos que mudam de acordo com cada ocasião. Ter bom senso, cordialidade, respeito e auto orientação são apenas alguns valores que devem ser considerados, mas ainda há muito que saber e aprimorar.

Atualmente, diversos cursos online, manuais e palestras de especialistas abordam esse tema e revelam dicas incríveis, em que o aluno entende o que é marketing pessoal e como fazê-lo passo a passo. Aqui no Enfoque Capacitação oferecemos um conteúdo completo e estruturado para aprender e se atualizar: o Curso Online Marketing Pessoal.

Esse curso online aborda tópicos excelentes com macetes fundamentais para destacar seu marketing pessoal, aperfeiçoar seus conhecimentos e saber como moldar seu perfil para lidar com as mais variadas situações. Bacana, não é? Então leia nosso artigo com alguns pontos gerais e não deixe de fortalecer sua imagem com um dos cursos a distância mais renomados do mercado.

A primeira impressão é a que fica

Parece apenas uma expressão, mas até a psicologia já comprovou que essa máxima faz todo o sentido. De acordo com pesquisas divulgadas em um evento nos Estados Unidos, julgamentos e ideias preliminares sobre uma pessoa são extremamente fortes e instintivos. Em muitos casos, mesmo com os fatos explanados, muitos indivíduos ainda ficam desconfiados e demoram a se desprender dessa primeira impressão.

Segundo a especialista Amy Cuddy, as pessoas fazem duas perguntas mentais ao conhecer alguém: Posso confiar? Posso respeitar? Essas dúvidas estão atreladas diretamente à cordialidade e competência e fazem toda a diferença em um ambiente corporativo. Para valorizar as qualificações de uma pessoa, é necessário confiar naquilo que ela mostra ser, por isso um indivíduo que não é natural terá dificuldades de interação e não conseguirá "mascarar" sua personalidade por muito tempo.

Nesse contexto, a questão da imagem e das ações deve ser amplamente considerada por quem deseja ter credibilidade e destaque. Um líder, por exemplo, deve ter boas referências para alcançar um cargo de responsabilidade. A partir do momento em que as relações globais são equilibradas, há uma preocupação com a postura e com todo o marketing pessoal em si, provavelmente as pessoas terão outra visão ou, melhor que isso, darão chances para conhecê-lo melhor.

Além de credibilidade, segurança e auto orientação, a intimidade contribui bastante para isso. Tem muitas pessoas que conhecemos e não gostamos num primeiro momento, mas na convivência mais próxima, acabamos nos surpreendendo e percebendo que ela é bem diferente da primeira impressão. Todavia, não é sempre que existe a oportunidade de exaltar aquilo que há de melhor em você, portanto, é fundamental evitar que a má impressão seja alimentada logo de cara.

Pense na prática: ao participar de uma entrevista de emprego ou uma dinâmica de grupo, você estará sendo observado e julgado constantemente. Como é um momento único, cabe atentar-se aos detalhes e mostrar aquilo que há de melhor em suas qualidades e competências – essas são situações cruciais para saber como fazer marketing pessoal de modo excelente e produtivo.

De acordo com uma pesquisa do site Carrer Builder, os fatores que mais prejudicam os candidatos em uma entrevista são facilmente corrigíveis: falta de interesse, roupas inadequadas, arrogância, críticas ao trabalho anterior e o uso de celular durante o processo. Apenas uma ação dessas pode levar a inúmeras teorias sobre você – perceba, então, o quanto é forte uma primeira impressão, tanto para te ajudar quanto te prejudicar.

Com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, a forte concorrência e relações ágeis, qualquer erro, palavra e abordagem acabam levando seus planos por água abaixo. Por isso o marketing pessoal é um conceito que nunca acaba, mas que se renova e se reinventa de acordo com a situação. Mais do que isso, vale para qualquer pessoa, dos grandes gestores aqueles que estão iniciando sua carreira profissional.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Os riscos dos estereótipos

Primeira impressão é algo que ainda tem muita relação com estereótipo, que em grande parte vem acompanhado por um fator negativo. A tendência de rotular alguém por alguma característica ou comportamento pesa muito nas relações e se fortalece quando é evidenciada no ambiente corporativo.

Para o analista comportamental Jack Schafer, isso acontece muito dos dois lados, seja com pessoas introvertidas ou extrovertidas. No primeiro caso, são taxadas de chatas, inseguras e antissociais. No outro, generalizadas como impertinentes, intrometidas e arrogantes. Essas generalizações são péssimas e podem levar a muitos problemas, ainda mais no ponto de vista de um recrutador ou gestor de pessoas.

A falta de compreensão, a má impressão (do qual já tratamos aqui) e os pré-julgamentos interferem nas interações e podem levar até a boicotes. Além de não compreender o indivíduo e não trabalhar a empatia, uma pessoa que julga a outra previamente por um estereótipo pode perder grandes oportunidades – sobretudo de crescimento e aprendizado.

Quando aplicamos essas situações no marketing pessoal, podemos salientar tanto o fato de trabalhar seus valores ao máximo para que passem por cima de qualquer estereótipo ou, em outra perspectiva, fortalecer seu perfil sendo uma pessoa com total coerência e bom senso nas relações. Não se trata de ser íntimo e tampouco amigo de alguém, basta respeitá-la e saber separar o que é pessoal do profissional.

Lidar com a pluralidade é inerente para a vida social, por isso, livrar-se dos preconceitos e estereótipos é um passo essencial. Numa época em que há espaço para variadas opiniões, sensatez e reflexão prévia acabam se tornando ótimas qualidades.

Interessante saber que o marketing pessoal tem forte ligação com aspectos de comunicação, psicologia e recursos humanos. Profissionais que atuam nessas áreas precisam dar muita atenção a esse tema e sempre reciclar seus conhecimentos – felizmente, os cursos online com certificado podem ser ideais para esse objetivo. Aproveite os cursos a distância do Enfoque Capacitação e qualifique-se nos mais variados assuntos.

Trabalhando a sua imagem

A melhor forma de evitar uma impressão ruim e fugir dos estereótipos é trabalhar sua imagem constantemente. Depois que você compreende o que é marketing pessoal e quais os pontos a melhorar, fica mais fácil colocar em prática e conquistar uma boa evolução. Não é uma tarefa simples, mas desde que seja desenvolvida continuamente, o resultado aparece de modo natural e satisfatório.

Fortalecer uma imagem, conforme um dos tópicos do nosso curso online, demanda a atenção em cinco aspectos: aparência, higiene, conteúdo, postura e comunicação. Vestir-se bem com roupas limpas e higiene em dia, ser uma pessoa cordial e competente, saber se portar em qualquer ocasião e comunicar-se assertivamente é o ideal nesse contexto. Ademais, vale especificar alguns fatores para não cometer erros ou deixar algum detalhe de lado.

marketing pessoal

Como melhorar a sua linguagem corporal

A expressão "o corpo fala" faz sentido e por isso é essencial atentar-se à linguagem corporal, sobretudo em apresentações e nas tarefas rotineiras. Os gestos, a voz e os olhares são preponderantes em qualquer ação realizada – o que abre margem para julgamentos bons ou ruins. Portanto, entre as melhores técnicas podemos citar:

  • O uso do tom de voz correto, estável, nem muito alto e nem muito baixo, para passar ao interlocutor seus argumentos com total clareza.
     
  • Ter uma boa postura, com o corpo sempre ereto, cabeça erguida, braços alongados e pés firmes ao chão. Ao se sentar, nunca se inclinar na cadeira ou se apoiar totalmente à mesa, são hábitos péssimos que mostram descaso.
     
  • Usar a expressividade do olhar, erguendo as sobrancelhas ou arregalando os olhos durante uma conversa – ações que mostram seu interesse na conversa e nas ponderações do próximo. Sorrir também é bom, sem exageros.
     
  • Respirar profundamente e intensamente, dar pausas ao falar e fazer gestos de ensino - aqueles movimentos que facilitam a visualização de uma ideia, como contar números com os dedos.
     
  • Evitar cruzar os braços e fazer "não" com a cabeça ao escutar alguém. São atitudes que prejudicam a interação, como se você estivesse desanimado ou desinteressado.

Faça o teste e tente perceber a diferença. Apenas a mudança de algumas atitudes já traz efeitos positivos, sobretudo ao falar em público ou na postura em uma entrevista de emprego.

Vai participar de uma seleção? Prepare-se previamente com o Curso Online Marketing Pessoal e aproveite para inclui-lo em seu currículo. Todos os cursos online do portal possuem opção de certificação, caso seja seu desejo. Escolha a melhor carga horária, faça a avaliação e invista em um certificado de qualidade.

Técnicas para uma boa comunicação

Saber se comunicar efetivamente também faz toda a diferença em um bom marketing pessoal. Boas técnicas de comunicação auxiliam em qualquer atividade e interferem de modo assertivo em toda organização. Uma pessoa que sabe falar e ouvir consegue passar uma mensagem de modo claro e compreender seu interlocutor de forma competente. Outras habilidades que também podem ser trabalhadas:

  • Ouvir ativamente e evitar interromper as pessoas;
     
  • Fazer contato visual, evitando olhar para baixo ou para os lados durante a interação;
     
  • Perguntar sempre que houver dúvidas, para entender e esclarecer as questões;
     
  • Saber criticar de modo construtivo, sem achismos e visando a objetividade;
     
  • Argumentar usando bons exemplos, analogias e situações reais;
     
  • Evitar longas pausas, uso demasiado de "hum" e outros vícios de linguagem, além de jargões e gírias;
     
  • Adaptar a linguagem para seu público alvo/pessoa em questão;
     
  • Ter empatia, positividade e saber a hora de ficar em silêncio.

Fique atento: além do curso de marketing pessoal, o Enfoque Capacitação oferece outros cursos online com certificado que podem te ajudar nessa pauta, como o Curso Online Comunicação Assertiva

Apresentação e cartões de visitas

A apresentação por meio de cartão de visitas também faz parte de um planejamento de marketing pessoal. Toda pessoa que começa a fazer networking e lida com o público precisa informar seus dados básicos de contato para que seja lembrada e se mostrar à disposição dos outros.

Para isso, é necessário listar aquilo que é mais importante e deve ser incluído no cartão. Geralmente são: nome, telefone, profissão, nome da empresa, e-mail e demais endereços eletrônicos. Nunca se deve exagerar, sobretudo na escolha do template, que deve ser clean e ter um bom tamanho.

A surpresa pode ser no formato e na disposição dos dados. Muitos apostam em materiais diferenciados (como o couro em vez do papel/plástico), design inteligente e dinâmico. Em todo caso, tudo depende do seu objetivo como profissional e até da área de atuação. Além do curso de marketing pessoal, o Curso Online Design Gráfico apresenta ótimos macetes e complementa seus conhecimentos nesse tópico. 

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Rede de relacionamentos

Além do cartão de visitas, outra forma de investir no networking é criar uma rede de relacionamentos profissionais. Essa é uma boa decisão para conseguir um emprego, conquistar uma boa vaga chamando atenção das empresas, ser promovido e até tornar-se uma verdadeira referência em seu nicho.

A internet abriu muitas portas e permite que profissionais de todos os ramos possam se conectar, seja através de redes como o Linkedin – próprio para esse fim – ou pelo Facebook, que pode render bastante caso seja utilizado de modo correto. Mas vale lembrar também que uma rede pode ser feita pessoalmente, seja na universidade ou no próprio ambiente corporativo.

Em todo caso, o networking depende de todas as regras de marketing pessoal e sempre levará tempo para dar resultado. Ser elegante, ter paciência e prudência são alguns valores que ajudam bastante nessa hora – bem como compreender o que é marketing pessoal e como utilizá-lo a seu favor para construir uma rede proveitosa e estruturada.

Marketing Pessoal: os dez mandamentos

Encerramos nosso artigo explanando os dez mandamentos do marketing pessoal, para que você trabalhe cada um desses pilares e conheça mais sobre eles no curso de marketing pessoal do portal. São eles:

  1. Liderança
  2. Visão
  3. Confiança
  4. Espírito de Equipe
  5. Integridade
  6. Maturidade
  7. Empatia
  8. Otimismo
  9. Paciência
  10. Disponibilidade

Equilibrar esses valores ajuda a moldar seu perfil profissional e ainda te torna uma pessoa melhor em qualquer situação. Até a relação interpessoal mudará, assim como todo seu marketing pessoal – que também pode ser aprimorado no curso online do Enfoque Capacitação.

O Curso Online Marketing Pessoal possui diversos guias completos e essenciais para a formação dos interessados. Você pode estudá-lo com total praticidade e todas as vantagens que só os cursos a distância oferecem. Basta se inscrever no portal investindo uma taxa única de R$69,90. Assim, você tem acesso a todos os cursos online do Pacote Master por um ano inteiro, escolhendo as melhores opções para se qualificar. Matricule-se e não deixe os benefícios dos cursos online com certificado de lado.

Gostou de saber como fazer marketing pessoal com nossas dicas? Conte pra gente suas impressões sobre o artigo. Esperamos que tenha gostado, até mais.