Modalidades de ensino: você sabe qual é a melhor para seus planos? Será que vale mais a pena fazer um curso superior presencial ou apostar no ensino a distância? Investir em uma pós ou em cursos online de aperfeiçoamento em sua área? Mais do que optar por uma boa proposta, é necessário entender os objetivos de cada tipo.

Existe muita confusão quando se trata desse tema, sobretudo quanto ao tempo de duração, reconhecimento do MEC e qualidade. Como pensar nos estudos é essencial, é preciso ser certeiro na escolha para não se arrepender e obter a formação que tanto almeja. Para ficar por dentro, acompanhe este artigo passo a passo. Entenda as modalidades de ensino, quais suas principais características e faça uma ótima escolha de acordo com suas metas.

Modalidades de ensino: entenda as diferenças

Graduação: a faculdade propriamente dita

O sonho de muitas pessoas, ainda quando estão cursando o ensino médio, é entrar na faculdade. Grande parte das pessoas já é preparada para seguir esse ciclo, encorajada a estudar para um vestibular ou provas como o Enem. Pois é, a graduação sempre encanta, seja pública ou privada. Em ambos casos, além do nível presencial, a faculdade a distância também tem se destacado bastante atualmente, com milhões de escritos segundo o último censo da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Quando se trata do curso superior no Brasil, independente do tipo em que é ministrado (cursos presenciais ou cursos a distância), é necessário o reconhecimento e a legislação com base nas diretrizes do Ministério da Educação – MEC. O órgão é responsável por estabelecer as normas principais para que essas opções funcionem por aqui. Sendo assim, tenha em mente que tanto o método presencial quanto a faculdade a distância devem se enquadrar no que é gerenciado pelo MEC, as metodologias devem seguir o mesmo padrão para os dois tipos e um não deve ter ''mais força'' que o outro.

Muita gente pensa que os cursos EAD de graduação são mais simples de fazer. O fato de estudar pelo computador, remotamente, é confortável e mais flexível, mas não significa que seja mais fácil. Você deve seguir todo o planejamento fundamental, fazer muitos trabalhos e passar por avaliações. Em muitos casos, considera-se o ensino híbrido, em que o aprendizado se dá tanto com aparatos tecnológicos quanto na sala de aula. Portanto, é bom ter isso em mente para saber se essa modalidade é a melhor para você. 

Por fim, é importante saber que na graduação há alternativas em todas as áreas, com longo período de duração, por muitos anos (tradicionalmente, 4 anos para muitos cursos). Para entrar em uma faculdade, é necessário prestar vestibular diretamente na instituição ou realizar provas como o Enem, para participar de programas de bolsas de estudo, como o Prouni e o Sisu. Ao final do curso, o aluno recebe um diploma e certificação para atuar na área, após um vasto conteúdo programático teórico e prático, fato que coroa todo o empenho e soa como uma verdadeira conquista.

Pós-graduação/especialização: dê um plus em sua formação

Já a especialização, chamada também de pós-graduação, está entre as opções mais populares de ensino a distância. Quem já está formado sempre busca o aprimoramento por meio dessa proposta, para aumentar o status e o conhecimento no ramo de atuação, sair da estagnação na carreira e direcioná-la para um lado específico.

Quem é graduado em administração, por exemplo, pode realizar uma especialização em gestão financeira (para entender melhor sobre contabilidade) ou gestão de pessoas (para ficar por dentro da área de recursos humanos) e, assim, dar um plus na sua qualificação para se destacar em sua função e no mercado de trabalho.

Os cursos de especialização, sejam cursos EAD ou presenciais, tem duração variável. Geralmente, são ministrados em dias alternados ou em finais de semana (ou à escolha do aluno, no caso da pós-graduação a distância). De acordo com as regras do MEC, a duração deve ser além de 360 horas, com um conteúdo excelente para os interessados. Vale salientar que muita gente aposta nessa opção com planos de realizar também mestrado e doutorado, para seguir carreira acadêmica. O programa Ciência sem Fronteiras, por exemplo, é um dos que mais investe na pós-graduação, ofertando bolsas para interessados em estudar no exterior.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Curso de extensão: onde se aplica?

Uma confusão comum de muitos alunos é a respeito da pós-graduação com os cursos de extensão. Parece que é a mesma coisa, mas há diferença. Quem revela as peculiaridades desse tipo é o próprio MEC. ''Os cursos de extensão não são, necessariamente, de pós-graduação, já que são oferecidos tanto para alunos formados, como os que estão formação ou que ainda não tenham entrado para universidade. Ou seja, diferentemente dos demais cursos, a extensão universitária não tem como pré-requisito a graduação em curso superior''.

Ou seja, para fazer um curso de extensão, o indivíduo não precisa ser formado, ao contrário da pós, em que a formação na universidade torna-se regra. Em algumas faculdades, porém, o aluno só pode se matricular caso esteja realizando uma graduação, em um curso que tenha relação com a mesma. Exemplo: para quem faz uma faculdade de administração, pode ser proveitoso fazer um curso de extensão em marketing.

Essa opção fortalecerá o currículo e mostrará uma abordagem diferenciada e específica em uma matéria que se tem dificuldade ou que deseja seguir futuramente. Em muitos casos, apenas o que é abordado na graduação não se torna suficiente. Logo, essa modalidade soa como auxiliar e enriquecedora para diversos alunos, sendo tratada tanto em cursos online com certificado quanto frente a frente com o professor, no espaço físico.

E os cursos técnicos? Nesse caso, vale a legislação do MEC também. Mas, assim como acontece no ensino infantil, fundamental e médio, as responsáveis por fazer valer e fiscalizar o cumprimento das leis vigentes nessas modalidades de ensino são as secretarias de educação de cada município/região.

Cursos livres: a tendência do momento

Chegamos a última modalidade que você deve conhecer para fazer seu planejamento e plano de estudos: os cursos livres. O próprio nome já revela que essa é uma alternativa independente e desprendida.

De fato, eles se encaixam em uma perspectiva mais versátil, flexível e democrática. Os cursos livres não precisam do reconhecimento do MEC para serem oferecidos pelas instituições educacionais. Sua proposta é incentivar a comunidade a buscar formas de se profissionalizar, estudando a respeito de diversas áreas que sejam de seu interesse. É importante entender que o MEC só legisla a respeito dos cursos de graduação e especialização, mas isso não tem nada a ver com qualidade. O que você precisa avaliar sempre é a reputação e credibilidade da instituição e o valor do conteúdo/curso ofertado, independente da modalidade escolhida.

A metodologia, o conteúdo e a carga horária dessa versão - tanto para presenciais ou cursos online – são variáveis. Não há um padrão comum para as escolas que ministram e isso vale para a certificação também, que fica a critério do aluno. Embora possam ser visto como elementares, esses cursos pedem total dedicação e empenho dos alunos de acordo com suas metas.

Entenda que toda modalidade é composta de vasto conteúdo e avaliações que devem ser assimilados e realizados até a etapa final. Muitos cursos livres possuem carga horária de até 360 horas, o que leva o usuário a realiza-lo por vários dias (até meses) para que aprenda bastante. Então, não existe essa história de que são mais fáceis ou rápidos. Até a falácia dos cursos online gratuitos é questionável. A ideia é priorizar sempre a qualidade da metodologia e da instituição, fazendo uma ótima pesquisa para um estudo otimizado e proveitoso.

A fama dos cursos livres é muito boa e crescente, tanto que, segundo dados da ABED, mais de 5 milhões de pessoas recorreram a essas opções em 2015, com perspectivas de que os números mantiveram a ascendência nos últimos anos. O poder dessa modalidade sempre inspira. Portais como o Enfoque Capacitação possuem centenas de cursos online com certificado livres que você pode estudar tranquilamente em carga horária à escolha. Quando se trata da versão online, as vantagens são melhores ainda (falaremos disso no final do artigo).

Com toda essa fama e sendo considerados ótimas tendências, os cursos livres são divididos em três classificações principais com metas diferentes, que revelam sua democratização tanto para estudantes quanto para profissionais com longa experiência em determinada área e todas as pessoas que desejam aprender uma nova função.

modalidades de ensino

Atualização

Começamos com a atualização, uma proposta comum em diversas corporações. Hoje em dia, várias empresas incentivam e até patrocinam cursos de atualização para seus funcionários, para que fiquem por dentro de novidades e peculiaridades de uma nova tecnologia ou termos próprios e essenciais ao trabalho que foram inovados.

Buscar compreender aspectos modernos que farão toda a diferença no meio de atuação é de grande valia para muitos lugares. Imagine se você trabalha com marketing e a empresa deseja investir pesado na internet, com novas estratégias de divulgação. Para isso, você terá que conhecer e colocar em prática o marketing digital, sabendo qual são as melhores ideias e ferramentas para utilizar.

Nesse e em muitos casos semelhantes, um curso livre de atualização é perfeito para se engajar no tema e aprender bastante. E vale esclarecer que essa opção não serve apenas para quem já trabalha. Todos podem fazer para colocar no currículo e mostrar nas entrevistas de emprego que não ''parou no tempo''.

Aperfeiçoamento

Conhecer outras abordagens e assuntos que não se tem familiaridade é interessante e encantador. Sempre há campos que passam despercebidos e, se fossem dominados, poderiam trazer mais benefícios para o trabalho em si. Pense em um educador que não conhece o poder das artes para a educação infantil. Ele realiza suas funções normalmente, mas, se tivesse um plus, deixaria suas aulas ainda mais divertidas e dinâmicas, não acha? Então, por que não se aperfeiçoar nesse cenário?

Pois é, essa é a proposta de um curso livre de aperfeiçoamento: desbravar ramos até então desconhecidos, ou que não há familiaridade para compreender e utilizar no dia a dia. Há sempre muita coisa a descobrir e conhecimento nunca é demais. Sendo assim, é fundamental abraçar novas possibilidades e ser um profissional com múltiplas habilidades. Mais do que nunca, não dá para contar com uma coisa só, é preciso abrir a mente e expandir os horizontes, com foco em vários temas.

Capacitação

A capacitação entra naquele quesito em que todos devem se atentar, inerente para qualquer pessoa nas mais variadas condições e situações. Nunca é demais aprender uma nova função, e esse é justamente o objetivo de muitos cursos profissionalizantes que vemos por aí.

Um funcionário público, por exemplo, precisa sempre pensar nessa meta para dar conta de várias ferramentas essenciais para seu trabalho: softwares, idiomas, planos estratégicos... O mesmo vale para um profissional de administração, que pode fazer vários cursos livres de capacitação em áreas complementares a sua, como marketing, recursos humanos, contabilidade, logística...

Perceba que, pela adaptação, essa opção torna-se realmente democrática e fundamental para qualquer pessoa, independente de suas metas. Quanto mais capacitado, aumentam as chances de conseguir um bom emprego e um ótimo cargo na corporação que atua. Em uma entrevista, com certeza aquele que domina inglês será mais requisitado do que o concorrente que não tem conhecimento na língua. Por isso, vale a pena correr atrás da capacitação sempre.

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Cursos livres online: que tal?

Bom, já abordamos as principais modalidades de ensino e só resta a você fazer uma boa escolha. De qualquer forma, podemos afirmar que, na comparação das opções presenciais com a EAD, a segunda sempre será a melhor. São muitos os benefícios em estudar fazendo cursos a distância. Como já dissemos, é a tendência do momento e atrai milhões de pessoas, justamente por vantagens como conforto, flexibilidade, liberdade, segurança, economia, abordagem diferenciada, entre muitas outras.

Vivemos em um mundo em que é preciso valorizar o tempo e contar com o auxílio da tecnologia é perfeito para isso. O objetivo dos cursos online com certificado é tornar seus estudos mais dinâmicos, seja por meio do ensino híbrido (como acontece bastante em uma faculdade a distância) ou na metodologia de autoaprendizagem (comum nos cursos EAD). Somente o fato de ter autonomia para fazer as aulas quando quiser e não precisar frequentar uma sala em um horário marcado já encantam. Mais do que nunca, é necessário facilitar as coisas.

Portanto, você também pode investir no ensino a distância, independente dos planos para sua carreira: curso de extensão, pós-graduação a distância, cursos livres... Para saber mais sobre esse contexto, vale a pena conferir nosso artigo Guia completo sobre EAD: leia e conheça tudo sobre cursos online.

Não perca tempo: pense em sua formação profissional

Agora que já mostramos quais são as alternativas dispostas para uma qualificação excelente na carreira, faça uma reflexão e chegue a uma decisão sábia. Muitas vezes, só falta um empurrão para saber se é melhor fazer uma pós-graduação a distância ou um investir em uma segunda faculdade, por exemplo. Dúvidas e incertezas são comuns, por isso, a informação é sempre a melhor arma.

Em todo caso, tenha em mente de que os cursos livres nunca devem sair de pauta, sobretudo os cursos online. Mesmo que você pense em modalidades a longo prazo, é sempre recomendado fazer cursos online com certificado. Não abra mão dessas versões nunca. Para isso, você não precisa passar horas pesquisando por uma instituição renomada e de qualidade.

Inscreva-se no Enfoque Capacitação e tenha sua disposição centenas de cursos a distância por um ano, investindo um valor único de R$ 69,90. Por todo esse período, você pode estudar o quanto quiser, escolhendo a carga horária e optando pela certificação. Esse diferencial incrível é atestado por mais de 160 mil alunos e faz do portal um dos melhores do Brasil. Vale muito a pena aderir!

Se você ainda tem alguma dúvida a respeito do artigo, deixe um comentário. Aproveite para compartilhar com os amigos também. Até mais.